Apostila ( 02 ) - Estradas

Anterior    |   Seguinte

 

Classificação

Sob o ponto de vista político-administrativo

            - Federais

            - Estaduais

            - Municipais

            - Privada

Quanto a sua função

            - Arterial: visa dar fluidez ao tráfego. Pode ainda ser sub-classificada como:

                        - Principal

                        - Primária

                        - Secundária

            - Coletora: visa atender um misto de fluidez e acesso. Pode ser sub-classificada como:

                        - Primária

                        - Secundária

            - Local: permitir acesso às propriedades rurais

            - Estratégicas: são as de interesse à defesa nacional.

 

Quanto às condições técnicas

            Este tipo de classificação é em função do tráfego que ela deverá apresentar no 10º ano após a sua abertura (ano-horizonte de projeto) sendo representado pelo Volume Médio Diário (VMD) ou pelo Volume Médio Horário (VMH) no ano-horizonte de projeto – 10º ano após sua abertura)

CLASSES

DE

PROJETO

CARACTERÍSTICAS

CRITÉRIO

(por faixa)

VELOCIDADE (km/h)

OROGRAFIA

PLANO

ONDULADO

MONTANHOSO

AUTO-ESTRADAS

2 pistas, 4faixas, serv. Especiais

Administrativo

120

100

80

0

2 pistas, 4 faixas, controle total de acessos

Administrativo

120

100

80

IA

2 pistas, 4 faixas, controle parcial de acessos

VMD>1400 ou VMH>200

100

80

60

IB

1 pista

VMD>1400

100

80

60

II

1 pista

7000<VMD£1400

100

70

50

III

1 pista

300<VMD£7000

80

60

40

IV

1 pista

VMD<300

70

50

35

 

Padronização

            No Brasil a padronização das rodovias quanto às características técnicas por uma portaria do extinto Ministério de Viação e Obras Públicas, atual Ministério dos Transportes. Os departamentos rodoviários estaduais obedecem esta portaria construindo as rodovias estaduais num mesmo padrão que as federais, mas o mesmo não acontece com as estradas municipais que, de maneira geral, procuram uma construção mais barata, possuindo características menos severas. Nesta regulamentação, são estabelecidos os elementos técnicos do traçado como:

            - Velocidade diretriz

            - Raio mínimo horizontal

            - Fatores de curvaturas horizontais e verticais

            - Declividades longitudinais

            - Distância de visibilidade

            - Largura da pista, acostamento, canteiro e barreiras

            - Superlargura

            - Superelevação

            - Obras de arte

            - Faixa de domínio  

Topo

Anterior    |   Seguinte